Cuidado, coração com o que sonhas!
Cuidado, coração com quem apenas
Gostou de te agarrar, quando ias a cantar
Um fado de horas lindas e serenas!
Cuidado, coração com quem ainda não
Te viu sofrer, nem sabe as tuas penas!

O mal dos pobres, mesmo em horas de fartura,
É sentirem amargura do pão
Tanta vez negado!
Vê se descobres, coração, se ele consente,
Misturada no presente a tristeza do passado!

Cuidado, coração, com o sonhar!
Cuidado, coração, com o chamado
De quem te vê passar e gosta de escutar
O mais alegre, lindo, dos teus fados!
Cuidado, coração, com quem ainda não
Te viu chorar, nem sabe os teus pecados!

Video erróneo?