Sou Estácio de Sá, felicidade!
Meu coração vai falar por mim
Cidade maravilhosa
É paixão que não tem fim

“Minha alma canta”
Ao contemplar tanta riqueza
Joia rara, águas claras
Sob a luz do sol a iluminar
Abençoando o redentor
Beleza que meu deus criou
Há arte em cada esquina a encantar
Seduzindo meu olhar

O batuque é liberdade, axé!
Deixa falar quem tem samba no pé
O batuque é liberdade, axé!
Deixa falar! Sambar no pé

Bamba eu sou!
Na proteção do padroeiro
Vou de janeiro a janeiro
Entoar “juras” de amor
A bossa traz emoção
O sonho de ser campeão
Ao guerreiro, devoção
Flores vou ofertar na princesinha do mar
Odoyá iemanja!
Desse povo festeiro, eu sou!

Sagaz e maneiro, meu leão chegou!

Video erróneo?