Não vou chorar agora, que tudo se acabou, pois nada foi em vão.
Quero cantar agora na claridade que invadiu meu coração. vestir o sol que brilha a iluminar a trilha e procurar em cada estação.
O passageiro errante que aporte em nossa ilha, e simplesmente ancore a ilusão, é tudo que nos move e tudo a ele se destina sem perdão, é coisa assim divina, de mandamento, fé, desejo e paixão, o amor floresce o inverno, floresce a primavera e no outono varre o coração. De tudo que secou de vez que já perdeu o brilho e a tez, e hj virou brisa de verão, qdo eu te encontrar de corpo inteiro espero, poder te abraçar do jeito mais sincero e ensinar o que não sei; te aprender numa canção, as notas do amor são tão bonitas. Qtas esquinas eu cruzei a me perder na contramão, hj as notas do amor são infinitas.
O amor floresce o inverno, floresce a primavera, e no outono varre o coração, de tudo que secou de vez e ja perdeu o brilho e a tez e hj virou brisa de verão. Qdo eu te encontrar de corpo inteiro espero. poder te abraçar do jeito mais sincero e ensinar o que não sei te aprender numa canção, as notas do amor são tão bonitas, qtas esquinas eu cruzei a me perder na contramão, hj as notas do amor são infinitas.

Video erróneo?