De Adão Pra Eva en Romulo Fróes

Letra de musica De Adão Pra Eva en Romulo Fróes

De Adão Pra Eva
De Adão Pra Eva

-Ela...
-Eu te dei os melhores, piores pedaços da minha cara
Chuva de rímel. Nem é bom, nem terrível mostrar o que eu mostro, eu gosto e aposto, é a gosto, a cachorros loucos; queria que a luz também mordesse o dia até comer seus ossos.

- Ela...
- Eu não sei, o que eu sei é que eu quero somente o que eu mais detesto; é meu cosmético. Nunca digo que é bom, nem que é mal, nem que é médio, nem meu, nem teu, nem tédio, meu homem. Eu amo enquanto engano e nunca empresto, e fiz feliz o sol. Eu fiz...

- Ele...
- Ergue as mãos para o céu, e aperta o lençol, cobre as minhas costas. Eu te protejo, eu mereço teu verbo, a carícia que gostas, nem lembro. Tô dentro, silêncio na porta. Sozinho numa cama de viúva, vai-e-vem, quem vem, ninguém...só chuva.

-Ele...
- O que dizem de mim, o que dizem de mim e da minha testa. Agora é festa. Se você me queria devia enganar,sim. Iludir, deixar eu me apaixonar. Do amor eu sei de cor, nada se leva. Entao, perdão de Adão pra Eva.

- Ela...
- Eu te dei os melhores, piores pedaços da minha cara.

- Ele...
- Ergue as mãos para o céu, e aperta o lençol, cobre as minhas costas.

- Ela...
- Eu não sei, o que eu sei é somente o que eu mais detesto.

- Ele...
- O que me dizem de mim, o que dizem de mim e da minha testa.

- Ela..
- Ele...
- Ela...
- Ele, ele...
- Ela...
- Ele...
- Ela...
- Ele...

incorrecto video?