O tempo vai, o tempo vem
A vida passa e eu sem ninguém

Cadê você que nunca mais apareceu aqui
Que não voltou pra me fazer sorrir e nem ligou
Cadê você que nunca mais apareceu aqui
Que não voltou pra me fazer sorrir
Então, cadê você ?

Perguntaram pra mim se ainda gosto dela
Respondi: tenho ódio e morro de amor por ela
Hoje estamos juntinhos, amanhã nem te vejo
Separando e voltando, a gente segue andando entre tapas e beijos

Eu sou dela e ela é minha
E sempre queremos mais
Se me manda ir embora, eu saio pra fora e ela chama pra trás

Entre tapas e beijos é ódio, é desejo, é sonho, é ternura
Um casal que se ama até mesmo na cama provoca loucuras
E assim vou vivendo, sofrendo e querendo esse amor doentio
Mas se volto pra ela, meu mundo sem ela também é vazio

Em vez de você ficar pensando nele
Em vez de você viver chorando por ele

Pense em mim, chore por mim, liga pra mim
Não, não liga pra ele
Pense em mim, chore por mim, liga pra mim
Não, não liga pra ele, pra ele, não chore por ele

Se lembre que eu há muito tempo te amo, te amo, te amo
Quero fazer você feliz
Vamos pegar o primeiro avião com destino à felicidade
A felicidade pra mim é você

Pense em mim, chore por mim, liga pra mim
Não, não liga pra ele
Pense em mim, chore por mim, liga pra mim
Não, não liga pra ele, pra ele, não chore por ele
Pra ele, não chore por ele

Video erróneo?