Pelos segredos mais secretos
pelos abismos mais profundos
me naveguei eu
sob o sol que me abrasava
pela noite que me acossava
escura, escura como o breu
cruzei medos e terrores
abomináveis horrores
insensatas loucuras
perdi-me no alto mar
cansada de navegar
rodopio de aventuras

e acordei velha e dormente
farta de toda esta gente
com vontade de ir embora
com a boca seca e pastosa
e os meus sonhos côr-de-rosa
esgueirando-se porta fora

cruzei medos e terrores
abomináveis horrores
insensatas loucuras
perdi-me no alto mar
cansada de navegar
rodopio de aventuras

cruzei medos e terrores
abomináveis horrores
insensatas loucuras
perdi-me no alto mar
cansada de navegar
rodopio de aventuras

Video erróneo?