Essa saudade que me invade, me domina
Que chateia, me azucrina
Certamente a minha zina é padecer na solidão
Fico trancado nesse quarto isolado
Me sentindo reijeitado por essa paixão

Eu to carente, to maluco, to doendo
To que o coração sente
O meu amor está ausente
Eu não sei se vai voltar

Fico pensando em sonho está
Imagino te abraçando
Minha boca te beijando
E desse sonho não quero acordar

Não sei pq me escondo da sombra do abandono
Se o seu jogo eu não sei jogar
Talvez o mundo conspira
E os meus versos te inspira
Pra vc voltar

Ai que saudade matadeira
Se ela soubesse que meu coração padece
Talvez isso até fizesse ela voltar pra mim

Video erróneo?