Amigos de bar
Papos desconexos
Eu procuro um par
De novo o velho sexo
Fedendo a vexames
Procuro alguem para amar
Na rua deserta
Como as casas sendas
Nao me repreendas
Sao sempre os mesmos proplemas
Nao temas
O meu tema sem vida, minha amiga
Só porque eu perdi a vida
O presente mais lindo, um verso,um amor
Paciência comigo
Sao sonhos tão novos
E amigos antigos
Pra temperar vodka
Gargalhadas gososas
Acrescentar pequenos momentos de silêncio
Conferir a sério
E esperar o troco
É louco viver!
Boa noite, amiga
Prazer em te ver

Video erróneo?