Vamos os dois para a farra,
Passar o dia na estroina!
Eu, um saiote de barra,
E tu, a cinta e a boina!

Os meus vestidos discretos,
Acho que os não devo pôr,
Bastam-me os teus olhos pretos
Que nunca mudam de cor!

Vou cantar um outro fado
E vais gostar de me ouvir!
Hoje não quero pensar,
Hoje apetece-me rir!

Pra não fugir ao costume
Se os meus fados e motejos
Te provocarem ciúme,
Tapas-me a boca com beijos!

Acordei com este jeito
De lançar um desafio:
O teu coração vadio
Que anda a faltar-me o respeito!

Video erróneo?