Dá-me o braço, anda daí!
Vem porque eu quero cantar!
Cantar encostada a ti
Sentir cair a luz do luar!
Cantar encostada a ti,
Até a noite acabar!

Vê que esta rosa encarnada
Lhe faz mais apetitosa?
Somos três da vida airada,
Ao pé de ti, sinto-me vaidosa!
Somos três da vida airada,
Eu, tu e mais esta rosa!

Quero sentir o prazer
De passarmos lado a lado,
Ao lado dessa mulher
Que tens agora e não canta o fado!
Ao lado dessa mulher
Com quem me tens enganado!

Depois bate-se para as hortas,
Adoro esta vida airada
Beijar-te de fora de portas,
E alta noite, à hora calada!
Beijar-te fora de portas,
E amar-te à porta fechada!

Video erróneo?