Algumas mulheres tentam aparecer, mas pra conseguir não é fácil você tem que aprender saber chegar de um jeito devagar. Uma verdadeira mulher é muito fácil se notar. Sinceramente, vou te dando um conselho, a transformação vai começar pelo cabelo.

Primeiro: tem que deixar o cabelo Black, segundo: não ficar falando igual moleque e terceiro pode sacudir esse pandeiro que a galera aqui se amarra e o povo aqui é brasileiro.

Se a Família Black tá presente dê um grito Hey How!
Se a família do surfe tá presente dê um grito Hey How!
Se a família do skate tá presente dê um grito Hey How!
Se a banda Vó Ruth tá presente dê um grito Hey How!

Não sei porquê fica andando assim. Até pra ir pra praia vai igual a uma manequim e sempre tenta ser a sensação fica falando alto só pra chamar a atenção. Preta, branca ou mulata, a família Black cresce independente da sua raça. Índia, ruiva, oriental ser Black é aquela festa, ser Black é carnaval.

Primeiro: tem que deixar o cabelo Black, segundo: não ficar falando igual moleque e terceiro pode sacudir esse pandeiro que a galera aqui se amarra e o povo aqui é brasileiro.

Se a Família Black tá presente dê um grito Hey How!
Se as mulheres bonitas estão presentes dêem um grito Hey How!
E quem tá sem dinheiro tá presente dê um grito Hey How!
Se a banda Vó Ruth tá presente dê um grito Hey How!

Video erróneo?