É ela, o orgulho da favela
Essa mulher me ensinou a sonhar
É ela, o orgulho da favela
Essa mulher me ensinou como chegar

Em algum lugar do brasil nasceu
Uma menina pobre que na infância sofreu
Lutando contra um mundo desigual
E isso só fortaleceu sua moral

O dia nascia e a terra girava
E ela vencia com muita garra

É ela, o orgulho da favela

É ela, o orgulho da favela
Essa mulher me ensinou a sonhar
É ela, o orgulho da favela
Essa mulher me ensinou como chegar

De braços abertos pro vento bater
Uma menina pobre só pensava em vencer
Cuidando dos filhos e família
Hoje é o exemplo da periferia

O dia nascia mostrando a sua cara
E ela vencia com muita garra

É ela, o orgulho da favela

Video erróneo?