Nós dois no sinal vermelho trabalhando sem parar
Nossos sonhos eram os mesmos e eu vou continuar
Pedindo pro sol me dar uma ajuda, vou pedir
Quem sabe, talvez a lua possa me ajudar

O verde do sinal, o verde da imaginação
Quando estava verde a gente era doutor, tinha carrão
Mas quando ficava amarelo tudo voltava ao normal
Esquecia do terno, o malabarista do sinal
E o dinheiro que pagava a minha praia
Era o que restava da minha ajuda lá em casa
E eu não posso me esquecer,
Sem desanimar eu só tenho a agradecer
Só agradecer

Ao sol que me dá força todo dia,
Ao mar que me dá onda todo dia

Vai... relaxa escutando esse reggae
Trabalha no sinal vermelho enquanto o sol queima a sua pele
Vai... enrola o cabelo moleque
Soltando pipa na rua enquanto o sol queima a sua pele

Você joga bola bem e não fico pra trás
Nós dois no mesmo time, melhora ainda mais
Mas a nossa amizade não vai tão bem quanto parece
O "bicho" te dominou e você está entregue
Vamos sair dessa juntos porque eu sofro bem mais que você
Você não pode ser injusto e não lembrar de agradecer

Ao sol que te dá força todo dia
Ao mar que te dá onda todo dia

Vai... relaxa escutando esse reggae
Trabalha no sinal vermelho enquanto o sol queima a sua pele
Vai... enrola o cabelo moleque
Soltando pipa na rua enquanto o sol queima a sua pele

Video erróneo?