Tô de namoro com uma moça solteirona,
A bonitona quer ser minha patroa.
Os meus parentes já estão me criticando,
Estão falando que ela é muito coroa.
Ela é madura, já tem mais de trinta anos,
Mas para mim, o que importa é a pessoa.
Não interessa se ela é coroa,
Panela velha é que faz comida boa!

Menina nova é muito bom, mas mete medo;
Não tem segredo e vive falando a toa.
Eu só confio em mulher com mais de trinta,
Sendo distinta, a gente e ela perdoa.
Para o capricho, pode ser de qualquer raça:
Ser africana, italiana ou alemoa.
Não interessa se ela é coroa,
Panela velha é que faz comida boa!

A nossa vida começa aos quarenta anos;
Nasce os planos do futuro da pessoa.
Quem casa cedo, logo fica separado,
Porque a vida de casado, às vezes enjoa.
Dona de casa tem que ser mulher madura,
Porque ao contrário, o problema se amontoa.
Não interessa se ela é coroa,
Panela velha é que faz comida boa!

Vou me casar para ganhar o seu carinho,
Viver sozinho, a gente desacorsoa.
E o gaúcho sem mulher, não vale nada!
É que nem peixe viver fora da lagoa.
Tô resolvido: vou contrariar meus parentes,
Aquela gente que vive falando à toa.
Não interessa se ela é coroa,
Panela velha é que faz comida boa!

Video erróneo?