Quando, no fim de uma tarde
Não há quem me aguarde
Que melancolia
Sou uma coisa infeliz
Que num copo de whisky
Disfarça a alegria

E quando a noite me entende
E a mão que se estende
É amiga da minha
Mesmo que seja ilusão
Bate mais em meu peito
Esse meu coração, coração

Coração, toma jeito
Bate mais devagar em meu peito
Deixa a mania do amor
Se sou feliz ou infeliz
Pouco importa, o que conforta
É ter vivo esse meu coração

Video erróneo?