Nós somos os super-heróis.
Defendemos nossa nação.
Vivemos nos gibis, nas telas dos cines,
Nos filmes de televisão.
Levamos bandidos, cruéis e malvados
Ladrões pra dormir na prisão

Nós somos os super-heróis.
Lutamos contra quem vier:
Baixinhos, gordinhos, gigantes,
Vilões maquiavélicos, homem ou mulher.
Mas temos momentos na vida
Em que somos pessoas como outras quaisquer.

Eu sou o homem-aranha
E vou lhes contar um pequeno segredo:
Se esqueço da rede subindo num prédio,
Eu fico morrendo de medo.

Eu sou o detetive Batman
E ontem à tarde perdi minha agulha.
Caiu um botão da minha capa e eu
Não pude de noite fazer a patrulha.

Eu sou o leal super-homem
E hoje cedinho, antes de ir pro batente
Estava com sono e passei sem querer
Criptonita na escova de dente.

Eu sou o conhecido Hulk
E vou revelar um segredo contido:
No carnaval na avenida vou me fantasiar
De abacate batido.

Eu sou a mulher-maravilha
E super-mulher que se preza não mente:
Eu fui dar um beijo no meu namorado
E quebrei seus dentinhos da frente.

Video erróneo?