Meu reino
Cabe num aceno,um abraço
Criança
Busca e não alcança o próprio passo
Floresce
Entre madrigais que lhe recito
Cresce mais que o infinito
Quando estou contigo,meu amor

Não abro mãos dos desatinos
Se abro mão,me alucino
Do nosso bem querer muitos falarão
No palco do teatro da ilusão

A paz
Em meu trono encantado
Se faz
Quando sonho a teu lado
Quando estou feliz
estou contigo,meu amor

Video erróneo?