Alô, alô, a noite vem
Pra depois outro dia nascer
E o futuro moldar.
Parte um jato, chega um trem
Pros encontros da vida poderem
Com a gente brincar.

Alô, alô, e tem também
Tanta gente a nascer,
Gente a crescer,
Acreditando no amor.

Vamos por aí
Sabendo que o mundo
É cruel e lindo.
Sem me iludir,
Às vezes chorando
E às vezes sorrindo.

Video erróneo?