Tão homem, tão bruto
Tão Coca-Cola, nêgo
Tão rock 'n roll, tão bomba atômica
Tão amedrontado, tão burro
Tão desesperado, tão jeans
Tão centro, tão cabeceira, tão Deus
Tão raiva, tão guerra
Tanto comando e adeus

Tão indústria, tão nosso,
Tão falso, tão Papai Noel
Tão Oscar, tão triste
Tão chato, tão ano e Nobel
Tão hot-dog, tão câncer social
Tão Narciso
Tão quadrado, tão fundamental
Tão bom, tão lindo
Tão livre, tão Nova York
Tão grana, tão macho
Tão 'western', tão Ibope
Racistas, paternalistas, acionistas

I like big butts and I cannot lie
You other brothers can't deny
That when a girl walks in with an itty-bitty waist
And a round thing in your face
You get sprung, wanna pull out your tough
'Cause you notice that butt was stuffed
Deep in the jeans she's wearing
I'm hooked and I can't stop staring
Oh baby, I wanna get wit'cha
And take your picture
My homeboys tried to warn me
That butt you got
Ooh, Rump-o'-smooth-skin
You say you wanna get in my Benz?
Well, use me, use me
'Cause you ain't that average groupy

Prefiro os nossos sambistas
Prefiro o poeta pálido anti-homem que ri e que chora
Que lê Rimbaud, Verlaine, que é frágil, que te adora
Que entende o triunfo da poesia sobre o futebol
Mas que joga sua pelada todo domingo debaixo de sol
Que prefere ao invés de Slayer ouvir Caetano
Ouvir Mano Chao
(Não que Slayer não seja legal e visceral)
A expressão do desespero do macho americano é normal
Esse medo da face fêmea dita por Cristo é natural

I've seen them dancin'
The hell with romancin'
She's sweat, wet,
Got it goin' like a turbo 'Vette
I'm tired of magazines
Sayin' flat butts are the thing
Take the average black man and ask him that
She's got pack much back
So, fellas! Fellas!
If your girlfriend got the butt
Shake it, shake it
Shake that healthy butt
Baby got back! Baby got back!

É preciso mais do que um soco pra se fazer um som, um homem, um filme
É preciso seu amor, seu feminino, seu suíngue
Pra ser bom de cama é preciso muito mais do que um pau grande
É preciso ser macho, ser fêmea
Ser elegante

Prefiro os nossos sambistas

Video erróneo?