Já meio leso
e a vida era um tédio
sem direção, sem nada pra fazer
A mil por hora, caiu na babilônia
E não tem o que temer

Então de saco cheio,
Pega e sai da rotina e enche a
Cara pra começar
Cai na noitada,
encontrou a mulherada,
Escolha certa
pra quem quer desvirtuar é só


Beijar, deixar rolar e a noite me levar
Tentar chegar até onde eu puder chegar
Agora nada pode me segurar
Caiu na Babilônia,
o que tiver que ser será

Sentiu na pele, mas não dá pra controlar
Que a vida é louca é só aproveitar
Mesmo se a regra sai,
quebrar o clima a noite inteira
só na perdição
Então de saco cheio pega e sai da rotina e enche
a cara pra começar
Cai na noitada, encontrou a mulherada,
escolha certa
pra quem quer desvirtuar é só

Beijar, deixar rolar e a noite me levar
Tentar chegar até onde eu puder chegar
Agora nada pode me segurar
Caiu na Babilônia

Deixar, beijar rolar e a noite me levar
Tentar chegar até onde eu puder chegar
Agora nada pode me segurar
Caiu na Babilônia, o que tiver ser será

E a cidade toda acordou,
é hora de enlouquecer
Pros cara largado,
é que as ninfetas vão se perder
Agora dane-se o status de pseudo intelectual
Se minha bala sonora te deixa passando mal

Legalizou!
Vadiar é a receita infalível
Legalizou!
Porque noite mais perfeita, impossível
A vida é breve,
não dá tempo de olhar pra trás
Vai cansando de ser nerd,
se não a tua casa cai!

Beijar, deixar rolar e a noite me levar
Tentar chegar até onde eu puder chegar
Agora nada pode me segurar
Caiu na Babilônia

é só Deixar, beijar rolar e a noite me levar
Tentar chegar até onde eu puder chegar
Nada nada pode me segurar
Caiu na Babilônia, o que tiver ser será

Não vou mudar,
fazer o que eu sempre quis
Deixar rolar,
sei que eu posso até ser feliz
eu posso até ser feliz
E assim

Se o microfone ecoa,
a Babilônia é aqui
Agora virou, já liberou,
legalize
Eu sou da nova escola,
rima freestyle.
Sob o domínio da noite até o juízo eu perdi.

Video erróneo?