Silveira e Silveirinha chegaram bem de mansinho
Vou cantar apaixonado com cantam os passarinhos
Acabo com a tristeza, peça e taça e ponho vinho
Eles choram na viola, na gaiola o canarinho

Somos cabras divertidos e cantamos a noite inteira
Salão que é acimentado nóis faz levantar poeira
Viola pra ficar boa nóis afina na tueira
No salão nóis não separa as casada das sortêra

A festa tando animada fico ainda mais contente
Dança velho e dança moço sempre alegre e sorridente
Silveirinha na viola todo mundo pisa quente
Silveira no violão divertindo muita gente

As garotas mais faceiras nóis faz a separação
Leva elas sorridente guardadas no coração
Estes dois peitos de aço, viola e violão
Silveira e Silveirinha são os reis dos forgazão

Video erróneo?