Sonho escuro

Um sonho escuro na noite da criança
Não tem luz, muito menos esperança,
Abandonado, deitado sobre um ninho
Sem proteção e morrendo de frio.
A sua mãe é a dona violência
E a solidão lhe acompanha como irmão,
Sabendo que o inimigo á a sua morte
E a cada dia a fome é mais forte.
Se a vida está difícil de agüentar,
Tem que viciar pra tapear,
Tentar roubar pra conseguir algo pra si.

Por favor mais armas não,
Para que tanta lágrima derramada pelo chão.
Nossa vida está entregue a um deus,
O descanso o homem jamais mereceu.
A liberdade não é fácil de conseguir
Quando temos muitas leis para segui.

Como está perdido este país!

Video erróneo?