Quis estender meu luto quando achei
fotografias dos natais
e me petrifiquei, pois aceitei
que tu não ias voltar mais
pra me acalmar com a voz
quando eu chorar.

As louças, roupas e os quintais
são rígidos fantasmas que eu criei
pra te condecorar pelos bons anos
em que eu só vadiei.
Quisera ter perdão
por te afrontar.

Desde quando te velei
eu não fui mais feliz
nunca consegui por outra mulher
pra ser como tu, mamãe.

Por mais que se esforcem, ninguém vai
fazer o almoço assim tão bem,
menos ainda me deitar nas pernas
como quando eu era neném
Maior é a dor de não ter
quem orgulhar.

Video erróneo?