A cada passo que eu dou sinto me aproximar Das respostas indispostas
Que passaram despercebidas
Durante o sono acomodado da consciência
Cada degrau acima aumenta o desafio
Cada palavra proferida enfraquece um inimigo
Novas barreiras vão surgindo
E eles vão caindo
A cada novo dia as possibilidades se renovam
De cabeça erguida eu corro
Ao encontro de uma chance
Mais uma chance de me reencontrar

Quem age somente por interesse
Não merece a recompensa
Pois sem sacrifício não há glória
E sem dor não há vida

Conheço quem sou, sei bem o que quero
Hoje sei onde vou, corro atrás não espero

Se eu não fizer por mim
Quem irá me proteger

Não quero nada fácil, faço acontecer
Conquisto meu espaço
Não espero de ninguém

Quem age somente por interesse
Não merece a recompensa
Pois sem sacrifício não há glória
E sem dor não há vida

Conheço quem sou, sei bem o que quero
Hoje sei onde vou, corro atrás não espero

De cabeça erguida eu corro
Ao encontro de uma chance
Mais uma chance de me reencontrar

Video erróneo?