Oooooh oh oh oh oh
Oh oh oh
Oh oh

Um presságio eu vi também
Arrastou o céu numa conjuração
Corpos ébrios em confusão
A sustentação é que a manhã já vem
Logo mais amanhã já vem

Oooooh oh oh oh oh
Oh oh oh
Oh oh

O acaso empurra quem
Se agarra à borda preso em negação
Solitário na multidão
A sustentação é que a manhã já vem
Logo mais amanhã já vem

Chega dessa pele, é hora de trocar
Por baixo ainda é serpente e devora a cauda
Pra recomeçar

Oooooh oh oh oh oh
Oh oh oh
Oh oh

Pelo fogo, transmutação
Sem afago lapidando o aprendiz
O que sobra é cicatriz
A sustentação é que a manhã já vem
Logo mais amanhã já vem

Chega dessa pele, é hora de trocar
Por baixo ainda é serpente e devora a cauda
Pra continuar

Oooooh oh oh oh oh
Oh oh oh
Oh oh

Video erróneo?