Aos 500 surfistas rodoviários mortos
Eu dedico esse dia de sol
Com as honras de uma parada de trens e de ônibus
E multidões de gravata e paletó

Esses caras precisam ter coragem
Trabalhando como mortos vivos
Fizeram a última viagem
Por um salário mínimo

Os surfistas rodoviários
Já estavam mortos quando subiram
Viveram apenas poucos minutos
Enquanto se divertiam

Não morra garoto!
Divirta-se um pouco

Video erróneo?