Viver de joelhos é para os tolos e esperar em vão no sono profundo
Que aquele que sofre se redima é a fantasia que mantém o mundo
Ídolos e heróis são passado, que negam a vida a toda a gente
Melhor ser espada a escudo, estar vivo, estar presente

Escolho viver! escolho lutar! escolho vencer!
O medo alimenta a sua fraqueza

Dias de sangue testemunhei com os olhos sempre no horizonte
Entre os abismos dessa guerra a força de vontade é a única ponte
Ídolos e heróis são passado que negam a vida a toda a gente
Melhor ser espada a escudo, estar vivo, estar presente

Cada segundo sem paz me faz
Querer construir outro mundo segundo os meus sonhos
Mas sei que é preciso lutar,
Romper, quebrar grilhões, medos e muros

Video erróneo?