Eu canto e meu canto reclama paz
Enquanto outros homens a guerra fazem
Eu danço pra chamar sua atenção
Encanto da noite, o santar
Encanto do santo dia
Em todo canto há poesia
Há quem cante sua dor

Não vejo verdade
Em quem mata em nome do amor
Não vejo verdade
Em quem fala em rebelião
Não vejo igualdade nos homens
Que falam de seu salvador
Em tudo somos diferentes
Na dor é que somos irmãos

É hora de acordar
E cantar liberdade
É hora de acordar
E cantar nossa dor

É hora de acordar
E cantar liberdade
É hora de acordar
E cantar nossa dor