Quando a noite vem e o sol se perde no além
Eu fico imaginando as coisas que a gente tem
Deus fez o mundo que é perfeito
Rio que corre no seu leito
Fez água pura cristalina
Para regar a nossa vida.

Vejo a beleza da lua cheia
Clareando a mata pantaneira
O puro ar vem da floresta
A natureza boa empresta
Belas paisagens sem cobrar
Ouço cantar dos passarinhos
A flor se abrindo entre os espinhos
O frio do inverno o sol do verão
Chuva regando a plantação
A vida rara no fundo do mar.

Tudo aqui se completa
O sol é o maestro da terra
Do chão a semente o alimento
Pro corpo da gente o sustento
É da nossa consciência preservar
O ciclo da vida.

Que coisa linda a Amazônia
Considerada o pulmão do mundo
Nas manhãs vejo o sol raiando
A fauna e flora despertando
Nos campos verdes do horizonte
O que você pensa disso tudo
Qual será o nosso futuro
Mãe natureza o ciclo da vida
Pouco a pouco sendo ferida
Indefesa está morrendo.

Video erróneo?