Trago nos dedos
O meu destino
De um mundo por tocar
Dos meus segredos, ao meu caminho
Um tempo por contar.

Nota por corda
Corda por dedo
Assim se faz magia.
Ai, meu amor, acorda cedo
Vê o nascer do dia.

Trova esquecida
No pensamento
Volta de novo à vida
Põe na palavra teu movimento
Deixa-te ir à deriva.

Quando te abraço
Fujo do espaço
Que prende a alma ao chão
Mato a tristeza, nego o cansaço
Tudo na minha mão.

Video erróneo?