Horizonte negro
arco-íris escuro
raio de néon
num rasgo de luz.
como estrelas falsas
de gostos amargos
preço que se paga da triste ilusão.

lágrimas secas
medo calado
suor frio
palavra morta.

derradeiro leito
de areia molhada
um simples número:
a eternidade.

sonhos imediatos
corações roubados
pela casa fora, há tempo demais.
dívida perdida
e escondida nos tempos
que não se devolve com uma carícia.

caridade tão banal:
sempre sem ter razão
e na força que comanda:
a mentira de sempre.

tudo isto tu proclamas
em nome dos deuses
a renúncia da pobreza
dos homens, do mundo.

Video erróneo?