Não vai me surpreender
Quando a ciência revelar
Que numa vida a dois
Somente a dor se iguala à alegria

E que essa dor é uma experiência
Que de algum jeito nos transformaria
Já a alegria lubrifica o dia-a-dia
Que a essa altura separar
Seria como carne da unha
Cada um já sabe do outro
Todas as manhas e mumunhas

Não vou me compensar
Investindo em fantasia
Cetins e tafetás
Tudo isso é muito caro
E essa economia é uma contingência
Que na certa enriqueceria
Já a folia anestesia o que doía
Que a essa altura separar
Seria como carne da unha
Cada um já sabe do outro
Todas as manhas e mumunhas

E essa dor é uma experiência
Que de algum jeito nos transformaria
Já a agonia anestesia o que doía
Que a essa altura separar
Seria como carne da unha
Cada um já sabe do outro
Todas as manhas e mumunhas

Video erróneo?