E nesse filme eu quero ser mocinho
E conquistar de uma só vez a multidão
E o coração de todas as mocinhas
Irradiar minha presença no salão
Quero ser a perspectiva
Daqueles que não têm perspectiva
O abrigo dos aflitos
Um paranormal
Um bamba do samba
Um verdadeiro cara legal

Nesse filme eu quero ser mocinho
E espalhar o verde pela plantação
Me vestir de branco o ano inteiro
Realizar milagres com as próprias mãos
Quero ser a expectativa
Daqueles que não têm expectativa
O abrigo dos aflitos
Um paranormal
Um bamba do samba
Um verdadeiro cara legal

Ninguém quer sofrer de amor
Ninguém quer morrer numa de horror
Quase todo mundo que eu conheço
Quer ser feliz

Nesse filme eu quero ser artista
E infiltrar idéias pela contramão
E escrever direito em linhas tortas
Quem sabe até financiar revolução
Quero ser a iniciativa
Daqueles que não têm iniciativa
O abrigo dos aflitos
Uma espécie de paranormal
Um bamba do samba
Um verdadeiro cara legal

Ninguém quer sofrer de amor
Ninguém quer morrer numa de horror
Quase todo mundo que eu conheço
Quer ser feliz

Video erróneo?