Se alguém
Olhar profundo
Nos teus olhos,
Irá morrer de amor
A vida inteira.

Brilhantes como sol de primavera,
Eternos como a última quimera,
Narcóticos de um sono tão profundo
E ternos qual sereno amanhecer.
Teus olhos já são coisas de outro mundo,
Teu mundo já são planos de outros olhos,
Iguais a eles nunca vão se ver.

Ficando à tua espera quem te ama,
Espera e mais espera e nada espera.
Resolução pra tão penosa sina
Não há e, se houvesse,
Ai quem lhe dera!!
Navegam-lhe nos olhos tantos sonhos,
Depois naufragam violentamente.
E é isso o que acontece comumente,
Se alguém olhar profundo nos teus olhos.

Video erróneo?