Dias de paz, bosques serenos
Seu olhar de gato me percorria inteira

Dias de paz, olhar sereno
Seu olhar de bosque me refrescava inteira

Olhos de quem me quis
Querer é terreno visceral
Mas pra quê terra, que ar?
É natural!

Boca de quem me quis
Silêncio e segredo, um marginal,
Mas pra quê sol, que mar?
Você é que é legal

Há mais de uma semana você não olha pra mim
Há mais de uma semana que você não me nota
Há mais de uma semana você não olha pra mim
Há mais de uma semana que você não me nota

Dias de paz, bosques serenos
Seu olhar de gato me percorria inteira

Dias de paz, olhar sereno
Seu olhar de bosque me refrescava inteira

Olhos de quem me quis
Querer é terreno visceral
Mas pra quê terra, que ar?
É natural!

Boca de quem me quis
Silêncio e segredo, um marginal,
Mas pra quê sol, que mar?
Você é que é legal

Há mais de uma semana você não olha pra mim
Há mais de uma semana que você não me nota
Há mais de uma semana você não olha pra mim
Há mais de uma semana que você não me nota

Video erróneo?