Narração:
Eu sei que o meu papel é de bobo da corte
Mas vou cantar até me tomar os risos
Sei também que no final
Vai me sobrar apenas o palco para cantar
E eu vou cantar como cantava edith piaff

Mas sei, que uma dor
Assim pungente
Não há de ser inutilmente
A esperança...

Dança na corda bamba
De sombrinha
E em cada passo
Dessa linha
Pode se machucar...

Asas!
A esperança equilibrista
Sabe que o show
De todo artista
Tem que continuar...

Video erróneo?