A saudade me apertou e eu parti para Cuiabá
Foi rever um grande amor que a tempos deixei por lá
Mais a minha viajem é curta e eu preciso voltar
Morena de Campo Grande o seu ciumes é bastante
E eu não posso demorar

Sou violeiro e cantador tenho que me orgulhar
Com a viola no peito estou sempre a viajar
Vai aqui o meu abraço aos amigos violeiros
Paulistas e Cuiabanos, um abraço aos Mineiros um
abraço aos Goianos

No braço dessa viola mando o meu pontiado
Para toda a companheirada vai aqui meu obrigado
Repicando meu pagode vivo sempre apaixonado
Minha paixão é demais, Cuiabá e Campo Grande
Não esquecerei jamais

Video erróneo?