O ponto de partida, um delírio pro meu coração,
Um tiro no escuro, e tudo escapa pelas mãos,
O sentimento fala, mas a gente não quer ouvir.

Às vezes eu me sinto tão sozinho dentro dessa casa,
Tão descartável, um bilhete num papel de bala,
O sentimento fala, mas a gente finge não ouvir.

Eu saio sem limites, sem destino,
Aprendo com meus erros,
Eu não me reconheço mais a frente do espelho,
Eu tô em desespero.

Já faz um mês que você foi embora,
E eu não consigo ver o sol lá fora,
Ter um controle do meu pensamento
Pra arrancar você aqui de dentro... do meu coração

Já faz um mês que você foi embora,
E eu não consigo ver o sol lá fora,
Ter um controle do meu pensamento
Pra arrancar você aqui de dentro do meu coração.

Video erróneo?