Vai embora da minha cabeça
Vista essa roupa
Penteie esse cabelo
Abuse do perfume só pra te estragar
Sim, não me interessa
Que toda essa bagunça suje a sala de estar

Vai embora da minha cabeça
Abuse do perfume
Vista essa roupa
Penteie esse cabelo só pra te estragar
Sem você por perto
A casa mais vazia e descansa

Onde olhar mais uma vez pra trás
Só pra dizer que gostava
Seu olhar trazendo flores
Que você esqueceu de regar

Soberba
Apelos, tantos desagrados
Cruzam as mesmas certezas
Liberdade sempre desarmáveis
Disfarçam orgulho em grandeza

Te perguntei e você não respondeu
É claro que não
Você nunca ouve, só diz
E eu menti
Perguntei e você me respondeu
É claro que sim
Você sempre diz e me põe a ouvir

(ele traz as flores
Ela pede pra regar
Em cima da mesa
Ficou o perfume
Que não mais adoça a sala de estar)

Video erróneo?