Você se destrói cada dia sem pensar
Sua vida te consome como fogo
Não tem como negar

A nebulosidade em sua mente te cega
No fundo do poço sua vida foi atirada

Sua queda, minha glória
Sua derrota minha vitória
Não tem como voltar atráz

Seu tempo acabou não adianta reclamar
Sua dignidade vem a se degradar
Sucumbido pela sua fraqueza, no chão você está
Sua face no espelho não é mais capaz de olhar

Sua queda, minha glória
Sua derrota minha vitória
Não tem como voltar atráz

Derrotado, frustrado e humilhado
Só você não percebeu
As costas se viram, as portas se fecham
Esse destino não é meu

Essa vida foi você quem escolheu

Video erróneo?