Hoje eu vou falar, pro meu coração;
Pobre sofredor, já não tem paixão;
Pois a vida de amores, só lhe restam;
Dores, feridas, feridaas;
Os dias que passei, na solidão;
Chorei feito um menino, que perdição;
Vivia amargurado, sem rumos a seguir;
Não tenho culpa, de só lhe amar assim;
Me diz que fazer para curar esse querer;
Que só machuca o meu ser;
Que você sobreviva nessa dor de me querer;
Que só machuca o meu ser, pode seer;
Que você sobreviva nessa dor de me perder; de me perdeer

Video erróneo?