Quando a respiração perde a continuidade
E o batimento pega uma velocidade
A impressão de que não há nada e nem ninguém por perto
A palavra certa some e você fica quieto

Incontrolavel olhar seguindo cada passo
Tudo para sem noção do tempo, muda o espaço
O som fica mais alto e o calor aumenta
O cabelo dela voa em câmera lenta

Intocavel ela continua andando
Todo mundo sai da frente com ela ninguém se mete
Sorriso de canto, sol iluminando, delicadamente
masclando um chiclete

Ela tem o corpo exato deixa louco qualquer cara sensato
Desperta inspiração nenhum poeta passa calado

Ela é daquelas que ninguém esquece
Quando aparece chama a atenção
Só responde não, o nome ninguém sabe
Mais se ela passa todo mundo pára tudo para olhar

Bem do outro lado da rua todos viram virar passarela,
Parece que veio da lua e trouxe todo brilho com ela
Seu poder de atração sem poder relar a mão
Qualquer roupa fica bem, todos sonham com ela sem (hmm)

Video erróneo?