Chiu, ta me ouvindo? Chiu, ta me ouvindo bandido?
He 11 de setembro de 2001, vai vendo ó truta, vai escutando.
Vou na fé, vou com a fé porque a fé não costuma falhar, eu aprendi que só Deus pode julgar, certo sobrevivente, falou guerreiro o maquiavélico cronista do interior de São Paulo ta de volta em ação, ta de novo na cena. Interior de São Paulo que eu amo acima de tudo e abaixo de nada truta e faço questão de representar na rima, moro, seja como for e aonde for. Descendente africano lutador que tem na veia o sangue da justiça e como diz o professor GOG, da indignação. A minha vida é o Rap porque o Rap é a bomba que faz tremer o chão doutorado em raciocínio Aliado G, quebra tudo ladrão...
Hehe, é meu irmão tamo chegando Aliado G mais um guerreiro interiorano fuzileiro da rima mais um sobrevivente da guerrilha, suburbana desumana atentado a bomba, pobreza no Brasil pobreza no Haiti genocídio em Ruanda, em todos os continentes não se vê ninguém contente, valorizaram demais o dinheiro e esqueceram de ser gente. Ninguém olha pro lado ninguém reparte o pão, rhum ninguém estende a mão ai sangue bom ta embaçado, mas tamo ai lado a lado eu meu aliado Douglas, mais um elo da corrente rimando em favor dessa gente que passa fome todos os dias e é chamada de contente. Mas ai que nada ladrão vamo em frente, você ta ligado a idéia é forte, é quente invade a mente, rhum, aumenta o volume sobrevivente... Vai... O chão cai tremer o bicho vai pegar.

Video erróneo?