Inexplicável e ao acaso
A sensação de querer
E a realidade de não ter
Se mostra tão diferente

Da vontade de continuar tão distante
Refletindo a sua ausência
Desejando cada vez mais
A sua presença (a sua presença e a sua ausência)

E aqui eu ainda lembro,
E eu ainda penso no quanto te quero

Até quando? Eu espero...
Está guardado no seu coração?
Caso lembrar

Pense nas flores,
Nas juras de amor,
Nas cartas que mandei,
Das vezes em que me declarei.

E aqui eu ainda lembro,
Eu ainda penso no quanto te quero,

Até quando? Eu espero...
Eu sei que irá lembrar!
Lembre-se das flores

E das cartas que mandei,
Dos versos que inventei,
Só pra te ver feliz!
Só pra te ver sorrir!

Video erróneo?