Cadê Maria? Maria da Cruz
Aquela morena de olhos azuis
Procuro faz tempo, pois ando sem luz
Rodei a cidade, nem sinal da Cruz

E querendo saber do seu paradeiro
Fui até a rua Cruzeiro, lugar onde ela morou
Na esperança de reencontrar seu caminho
Eu fui me informar com o vizinho
Do lugar onde ela mudou

Perguntei, o vizinho de braço cruzado
Me olhou com cara de invocado
Parece que não me quis bem
E Maria, menina tão doce, tão calma
Que crucificou minha alma
E a do vizinho também.

Cadê Maria?...

Video erróneo?