Estou tentando viver sem você
E você sabe bem melhor do que eu
Que a solidão apavora
Não vejo a hora de voltar pra você

Seus olhos, dois diamantes
Por um instante a pedra bruta lapidar
A voz refaz o caminho
E traz lembranças boas ao coração
A mão, o toque, um carinho
Caminhos que só o amor consegue andar
Imagens, fotografias
A noite esfria e não há mais nada a fazer

Por isso vivo aprendendo
A te ouvir, te traduzir
Me abrace forte
E dessa vez
Será pra sempre
Em nome do amor
Amor, amor

Video erróneo?