Anoiteceu, e outra vez,
O seu sorriso acende o meu.
Nossos olhos cheios de desejo,
Mal podem esperar, pra se encontrar.

Anoiteceu, e outra vez,
Uma vontade sem explicação,
Vem pra dominar o meu cansaço,
E me põe de encontro aos seus braços.

E então, o coração,
Sem nada a questionar se deixa envolver...
Não quer ver, o tempo passar.

Quem inventou a solidão?
Isso não importa mais!
Deixa fluir!
Vem e me traz
Tudo de bom que existe em você...
Quero te amar, te dar prazer.

Anoiteceu, e outra vez,
Uma vontade sem explicação,
Vem pra dominar o meu cansaço,
E me põe de encontro aos seus braços.

E então, o coração,
Sem nada a questionar se deixa envolver...
Não quer ver, o tempo passar.

Quem inventou a solidão?
Isso não importa mais!
Deixa fluir!
Vem e me traz
Tudo de bom que existe em você...
Quero te amar, te dar prazer.

...A solidão?
Isso não importa mais!
Deixa fluir!
Vem e me traz
Tudo de bom que existe em você...
Quero te amar, te dar prazer.

Anoiteceu.

Video erróneo?