Toque, toque, toque
Um forró de candeeiro
Toque, toque, toque
Puxe o fole sanfoneiro
Toque, toque, toque
Pra acalmar meu coração
Meu amor me abandonou
Eu vivo só na solidão

Tenho saudade do sorriso dela
Laço de fita no cabelo e uma flor
Tenho vontade de brincar com ela
E todo dia lhe falar do meu amor
E agora é só essa saudade matadeira
Que agora é só, é só saudade a vida inteira
Por isso toque sanfoneiro por favor

Video erróneo?