Nos olhamos uma vez, e sentimos em seguida o que passava
Nos falamos uma vez, e saimos a brindar na madrugada
O vinho foi um cumplíce, de toda aquela festa de palavras
E depois de um longo beijo nos amamos e casamos de manhã

Era duro trabalhar e díficil de levar algum pra casa
Eu sonhava mais e mais pensando que te tranquilizava
O fracasso foi cristal, refletia as nossas vidas separadas
E depois de um longo tempo de enganos, tudo deu em nada

E hoje meu corpo te reclama, eu tomo o meu tempo em nossa cama
Lembrando momentos de desejos, noites de amor ô ô ô
E hoje meu mundo não tem graça, só resto de sol e o tempo passa
Meus olhos perdidos no vazio, que vc deixou ô ô ô

Vou andando pelas ruas, misturando as verdades com mentiras
Te procuro em cada esquina e por onde passo vejo teu sorriso
Eu até nem bebo mais, e como a tua fruta preferida
E fugindo de mim mesmo, vou tentando começar de novo a vida

E hoje meu corpo te reclama, eu tomo o meu tempo em nossa cama
Lembrando momentos de desejos, noites de amor ô ô ô
E hoje meu mundo não tem graça, só resto de sol e o tempo passa
Meus olhos perdidos no vazio, que você deixou ô ô ô

Video erróneo?