Eu já vi um elefante
Beber água na peneira
Eu já vi um avião
Passando numa porteira,
Também vi um camundongo
Armando uma ratoeira
Numa briga de invernada
Vi o saci dando rasteira

Eu já vi um sapo pulando
Pra escapar da umidade
Eu já vi criar minhoca
No asfalto da cidade,
Também vi um beija-flor
Beijando a flor da idade
Eu vi o diabo rezando
E pregando a caridade.

Já vi um dono de banco
Na rua pedindo esmola
Eu já vi um lobisomem
Dançando de camisola,
Já vi um porco cantando
E a porca tocando viola
Vi um burro professor
Dando aula numa escola.

Eu já vi um joão-de-barro
Morando em casa alugada
Botei fogo na lagoa
A água morreu queimada,
Eu já vi um boi voando
E um gato dando risada
E também vi uma piranha
No rio morrendo afogada.

Eu já vi um carro de boi
Correndo a cem por hora
Vi um galo carijó
Cortando um burrão na espora,
A minha maior mentira
Vocês vão saber agora
Quero bem a minha sogra
E ela também me adora.

Video erróneo?